Correio de Maria

Na minha catequese, as orações são entregues no Correio de Maria. 







O Correio de Maria é um projeto de oração e intercessão que inventei para a catequese de Primeira Eucaristia em 2011! É bom para aplicarmos na etapa celebrar do método ver-julgar-agir-celebrar-rever.

Depois de desenvolver o tema sobre oração ou Nossa Senhora, convidamos os catequizandos a escreverem uma oração que pode ser lida em voz alta, exposta num mural, guardada numa caixa especial e pode ainda ser depositada na caixinha de orações da Igreja.

A oração do Correio de Maria é  para ensiná-los da poderosa intercessão de Nossa Senhora. É também uma oração comunitária porque podemos convidá-los a rezar uns pelos outros. Como? Cada um pode ler a oração do outro. Por isso, é importante que eles sejam avisados que a oração será lida em voz alta. Assim, estamos rezando em comunidade,

Jesus uma vez curou o servo de um Centurião pela fé e  oração do Centurião (Lc 7,1-10). 

Esta passagem bíblica nos ensina que devemos rezar em comunidade, rezar uns pelos outros. A oração nos aproxima de Deus e do outro.

O Correio de Maria é uma linda maneira de cultivarmos o amor por Nossa Senhora, nossa mãezinha!


Como tudo começou
 Minha mãe ganhou um presente que veio numa caixinha bem peculiar, diferente. Ela me mostrou e sugeriu que eu aproveitasse em alguma coisa (Tenho mania de reciclagem). Na hora que bati o olho, já vi ali uma caixa de recados. E guardei. Mais tarde,  preparando um encontro de catequese, peguei a caixa e resolvi encapar. Comecei a cobrir a caixa e pensei que serviria para depositar orações das crianças, mas não sabia que nome dar: correio de Jesus, carteiro, mensageiro, Anjo Gabriel... Não, não era bem isto que queria. Resolvi terminar de preparar a caixa, que o nome viria depois. Assim que terminei, como inspiração do Espírito Santo, o nome me veio: Correio de Maria. Sim. De Maria. Porque ela é nossa intercessora, como nas bodas de canaã. Maria lá juntinho de Jesus, e eu já a imagino falando com Ele, sobre cada um de nós. 








                             
     






Leve o Correio de Maria para sua catequese, só cite a fonte e a autoria.  

Obrigada.
Cris Menezes