Encontro da Páscoa com os catequistas







Ver
Música: Alma de amigo (Ziza Fernandes)
Depois da música, refletir juntos:
 Somos escravos de que? Quais são as pedras que atrapalham nossa caminhada? 

Iluminar: Leitura Orante Lc 22, 14-20

Julgar: A páscoa é uma festa antiga que já era comemorada no judaísmo. Significava a passagem da escravidão para liberdade. Deus escolheu Moisés para libertar o povo que sofria nas mãos do Faraó. Moisés conduziu o povo para este êxodo.  Então, para celebrar a liberdade, o povo hebreu comemorava com uma ceia (e esta páscoa chamada de "Pessach" é comemorada ainda hoje.)  Veja como era celebrada a páscoa judaica: 

"A ceia pascal tinha início na metade da tarde do dia anterior à páscoa e se prolongava até a meia-noite do dia de páscoa. Não era uma refeição qualquer. As comidas e as bebidas- cordeiro-pão ázimo, verduras amargas e vinho-tinham um significado simbólico. A ceia seguia um cerimonial em que eram ressaltados três pontos: 
1) O cordeiro recordava que Deus, no Egito, passou diante das casas dos hebreus, poupando suas famílias.
2) Pão ázimo, isto é, pão sem fermento, era assim comido porque a partida repentina do Egito não permitiu a preparação do pão com fermento.
3) As verduras amargas eram destinadas a recordar a amargura da escravidão no Egito.
Cantavam-se salmos e, após, o pai de família tomava o pão ázimo, pronunciava a bênção e o partia para servi-lo. O mesmo fazia com o vinho. A ceia pascal cristã, presente entre nós depois da última ceia, traz e, si outro significado: Cristo é o novo "cordeiro pascal", morto para a libertação de todos. Seu sangue é o selo da nova libertação, da Aliança plena de Deus com a humanidade em Jesus de Nazaré." (Leomar A. Brustolin, em "A mesa do pão")


O povo que morou em terra estrangeira em busca de melhores condições de vida, conseguiu sair da dominação de Faraó e constituíram uma comunidade. Jesus reuniu os apóstolos para celebrar a páscoa. Ele morreria no dia seguinte.  Foi seu último jantar. Só que Ele deu a esta páscoa um novo sentido. Ele é o novo cordeiro. Ele sacrificou sua vida para que nós tivéssemos vida. 

Refletir: Quais são as travessias que precisamos fazer para ter esta vida nova?Abraão também fez seu êxodo.  Saiu de sua terra para uma terra que Deus prometeu. Saiu do seu comodismo.  Abandonou suas certezas guiado pelo amor de Deus. 
"Que tipo de Páscoa precisaríamos hoje, isto é, quais as libertações que estão faltando em nossos dias?

Celebrar:  Encenar a Última Ceia

Levar pão e suco de Uva.


Agir: Partilhar com os catequistas- Como podemos viver a Páscoa? (Lembrar que na missa se atualiza o mistério pascal: o sacrifício de Cristo e sua ressurreição.)


Obrigada. Feliz Páscoa.
Cris Menezes
Catequista




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Campanha da Fraternidade 2017- Por onde começar?

Caça Tesouro- CF 2017

Como falar da Semana Santa com as crianças- Planejamento