Como falar da Semana Santa com as crianças- Planejamento


Nada de textos massantes, a catequese, antes de tudo, quer levar o catequizando ao encontro de Jesus, a fazer a experiência com o ressuscitado. O tema do próximo encontro é Semana Santa e Páscoa (muita coisa para uma hora e meia. ) Mas quero dizer que o catequizando não precisa ser um expert em semana santa ou qualquer outro tema. A catequese não precisa ser conteudista. Não é escola. Fale de forma simples, rápida e lúdica para que eles possam compreender. Gosto de usar imagens, músicas, dinâmicas para tornar o tema mais leve, mais fácil e mais divertido. Para iniciar falando da semana santa, proponho que prepare imagens que representem cada dia da semana santa (imprima em tamanho A4 ou maior, se puder, para poder expor. E seria interessante entregar algumas cópias para eles colorirem em casa. Não todos os desenhos, mas pode deixar que escolham um dos desenhos, o que mais gostou.)

Pregue as imagens na parede ou no quadro negro e cole um número em cima de cada uma para identificar. Peça para que as crianças reparem em cada imagem. Pergunte o que elas acham que significa cada uma, quem será as pessoas que estão nas imagens. Podem também  descreverem o que veem em cada imagem.

(Sugestões de imagens do blog Pãozinho do Céu, blog mais fofo deste blogsfera. Visitem o blog da Sueli aqui )






Ao final da partilha, o catequista retira todas as imagens e deixa só a imagem da Sexta-feira da paixão.
Perguntar: Quais são as pessoas que sofrem hoje? Por que sofrem? O que podemos fazer pelas pessoas que sofrem?
(Deixar que falem as histórias das suas próprias famílias.)

Jesus sofreu e muitas pessoas no mundo inteiro sofrem: fome, doenças, violência, discriminações. O sofrimento faz parte da vida. Vemos pessoas sofrendo nos hospitais. Temos parentes que estão agora doentes e internados? Se temos, já sabemos o quanto dói ver alguém da nossa família doente.  
Por que Jesus sofreu? Por que pregaram ele numa cruz? E por que numa cruz? 
E quem é Jesus, vocês sabem?
(Deixar que falem.)

Jesus veio ao mundo para nos ensinar a amar. Ele percorria os lugares falando do amor de Deus, curando e perdoando as pessoas. Ele encontrou com João Batista, seu primo, que batizava e convidava todas as pessoas a se converterem e crerem em Deus. Na época de Jesus, as pessoas sofriam muito, como hoje.  Havia muitas pessoas pobres que viviam oprimidas. Jesus viu o sofrimento do povo e foi ao encontro de todos para oferecer amor, cura e direção. João Batista apontou para Jesus- o salvador. Jesus nos apresentou Deus como um pai amoroso e misericordioso.  A Igreja durante o ano inteiro vive a vida de Jesus, do nascimento (Natal), a sua vida pública, morte, ressurreição e sua subida aos céus. Agora, é tempo de nos prepararmos para a Páscoa. A próxima semana será a semana santa. Vamos então ver o que cada dia da semana santa tem a nos ensinar. Vamos começar pelo Domingo de Ramos. 

(Colar todos as imagens e ir falando um pouco de cada dia da semana santa e como devemos viver cada um desses dias. Passar também os horários das celebrações.)

Domingo de Ramos: Quando Jesus entrou na cidade chamada Jerusalém, Ele foi recebido como muita alegria. Ele chegou na cidade montado num burrinho. Imaginem a simplicidade de Jesus! As pessoas batiam palmas e balançavam ramos de uma árvore chamada Oliveira. Por isso que no próximo domingo é Domingo de Ramos. Vamos também em procissão com nossos ramos receber Jesus Cristo, como se fosse naquele dia que Ele chegou em Jerusalém.

Quinta-feira Santa: Jesus reuniu seus apóstolos num último jantar. Na hora da ceia, ele partiu o pão e distribuiu  o vinho entre todos e pediu que eles fizessem isso em memória dele. A Igreja celebra isso em todas as missas. É a celebração da Eucaristia. Neste mesmo dia, Jesus lavou os pés dos apóstolos para ensiná-los a servir os outros e a ser humilde.

Sexta-feira da paixão. Jesus é entregue para  autoridades políticas da época. Foi julgado sem ter cometido nenhum crime. E foi condenado. A pena daquela época era pregar a pessoa numa cruz. Jesus foi o homem que mais se preocupou com as outras pessoas e só queria o bem de todos. Jesus morreu numa cruz para nos salvar.

Sábado-santo: É dia de silêncio na Igreja. Estamos esperando a Páscoa que é a ressurreição de Jesus, vida nova para todos nós.

Domingo de Páscoa: Jesus ressuscitou! Páscoa não quer dizer ganhar ovos de chocolate (é bom ganhar chocolates, né?) Mas o verdadeiro sentido da Páscoa é Jesus, é caminhar juntinho com Ele, é dizer sim a Jesus, sermos pessoas renovadas no amor de Deus.

Atividade: Dividir em grupos para fazermos pequenos teatros. Um grupo pode encenar o "Domingo de Ramos", outro o  "lava pés" e o outro a "Ultima Ceia".  

Iluminar com as passagens bíblicas de cada momento.

Que tal depois,  fazer um encontro especial com muita alegria para comemorar a Páscoa?

Texto: Cris Menezes- Catequista




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Campanha da Fraternidade 2017- Por onde começar?

Caça Tesouro- CF 2017