Teatro na Missa das Crianças: Lc 17,11-19 e mês das missões

Na nossa comunidade, temos uma missa mensal para as crianças que é realizada no sábado. Pode parecer pouco, mas lutamos muito para conseguir uma missa dedicada aos pequenos.  A reflexão do Evangelho é feita pelos catequistas que se utilizam de teatros ou de reflexões simples que cheguem ao coração das crianças. Descobri agora na internet uns sites excelentes que contribuem com material para teatro infantil. 

Roteiros de teatro dos Evangelhos:  

Roteiros de teatro por tema


Como Outubro é o mês das missões, deixo aqui o teatro para a missa do dia 09 de outubro, retirado do site Cantinho dos Anjos. Achei lindo o teatro, simples e com uma linda mensagem do amor de Jesus por nós e ainda fala sobre o amor pela missão. (Quero um dia escrever os roteiros de teatro para catequese.) 



Imagem: Cantinho dos Anjos


28º DOMINGO DO TEMPO COMUM OUTUBRO MÊS DAS MISSÕES MISSÃO: IGREJA MISSIONÁRIA TESTEMUNHA DE MISERICÓRDIA 

                                               

Primeira Leitura 2Rs 5,14-17

Salmo 97/98

Segunda Leitura  2Tm 2,8-13

Evangelho Lc 17,11-19

Ideia de roteiro para teatro
Personagem A: Nossa Personagem B o que aconteceu com você?
Personagem B: Ah peguei catapora, fiquei muito tempo sem sair pra brincar até melhorar, mas não se preocupe já estou bem melhor, já não tem perigo de passar pra ninguém.
PersonagemA: Iiiih tem certeza??  Você está parecendo um dos leprosos do evangelho de hoje... eu tenho medooo, melhor ficar longe!
Personagem B: Claro não, páre com isso, o medico já me liberou, essas marquinhas no meu corpo que vai demorar um pouco mais pra melhorar. 
Personagem A: Ah bom, não quero pegar isso de novo, prefiro não brincar com você pra não correr o risco.
Personagem B: Como assim?  Você já teve catapora?
Personagem A: Claro que tive, mas a minha melhorou super rápido, sabe porque??? Porque pedi muito a Deus pra que eu melhorasse logo Olha, Personagem B, tô achando que você não tem muita fé não, hein? Olha... vamos continuar esta conversa à distância... 
Personagem B:  Ah tá bom... Mas olha, você está muito errado! É claro que tenho fé!
Personagem A: Por acaso você pediu pra Deus fazer você melhorar logo?? Aposto que não! Quando a gente tem fé é só pedir pra Deus que ele faz tudo que a gente quer sabia?? 
Personagem B: Ah mas eu tenho fé sim ta! Eu acredito em Deus, acredito que Ele existe e tudo mais, o problema é que às vezes eu só esqueço de pedir ajuda pra Ele.
Personagem A: Então tá bom se você tá dizendo! Agora Personagem B me fala uma coisa…. ...você lembra de agradecer a Deus por tudo que ele faz pra gente? Sabia que devemos agradecer a Deus por tudo que Ele nos dá? 
Personagem B: Ah isso eu faço, eu agradeço a Deus todos as noites antes de dormir. 
Entra a catequista
Catequista: Oi crianças! Venham aqui me dar um beijo!
Personagem A: Tia do céu... não dá beijo nele não... vai pegar catapora... cuidado!
Catequista: Imagina, não vou não, ele já sarou estou vindo da padaria onde encontrei com a sua mãe Personagem A, que bom que está curado... Graças a Deus!
Personagem B: Obrigada, tia. Mas o Personagem A não acredita nisso e até nem quer chegar perto de mim... e tem mais disse que eu tô parecendo os leprosos do evangelho!
Catequista: Não, de jeito nenhum... párem já com isso, sentem-se aqui e vamos conversar... e ótimo você ter se lembrado do evangelho, hoje temos uma importante lição para aprender!
Personagem A: Ai não sei se devo sentar perto dele... faz assim tia, a Senhora fica no meio...
Personagem B: Eu nem quero mesmo sentar perto de você!
Catequista: É assim que os leprosos se sentiam isolados do mundo... como se ninguém gostasse deles... e mais que isso, que poderiam lhe fazer mal...
Personagem A: Ai também não é assim, né tia...
Catequista: E Jesus, veio, e os curou...
Personagem A: Mas Jesus, tudo bem né... nem teve que chegar perto... eu já li esta historinha...
Personagem B: Claro que não... Jesus não era medroso, Jesus é muito poderoso... Ele não teria medo de abraçar um leproso..
Catequista: Realmente não teria... E Jesus, sabia do que cada um precisava, então, pediu a eles que se apresentassem ao sacerdote, ou seja, que tomassem o caminho de Deus, da Igreja, o caminho da fé... e ali eles se curaram...
Personagem A: E eles nem ficaram com pintinhas né, tia... eu vi lá no desenho da minha bíblia...
Personagem B: Tia, ele tava dizendo que eu ainda tenho pintinhas da catapora porque não tive fé para pedir para Jesus... mas não é verdade... eu só esqueci... mas ele fez pior... nem agradeceu quando Jesus curou ele.
Personagem A: Ah, eu também esqueci... Jesus sabe bem que eu sou muito agradecido!
Catequistas: Crianças, Jesus curou os 2! E temos sim que agradecer... Mas o nosso pedido de cura tem que ser mais especial...
Personagem A e B: Mais especial!
Personagem A: Tipo nunca, nunca que eu pegue catapora, Jesus! Isso?
Catequista: Não, querido... Devemos pedir que Jesus nos cure para a missão!
Personagem B: Como assim?
Catequista: Além, muito além da cura do corpo, precisamos pedir a Jesus a cura do nosso coração... para que possamos ajudar TODOS aqueles que encontrarmos no nosso caminho a chegar até o seu amor... 
Personagem A: É dificil, né tia... porque eu vou confessar... eu tenho medo mesmo de algumas pessoas, não só as doentes não, mas umas com cara de mal, cara de bravas... ai eu tenho medo...
Catequista: Eu sei querido...
Personagem B: É eu tenho também... mas eu tava vendo sobre a Madre Tereza, que é agora nossa santinha... ela não tinha, né...
Personagem A: É verdade... não tinha mesmo... e era tão velhinha, mas que a minha avózinha...
Catequista: Sim, e ela foi mesmo um grande, grande exemplo, uma pessoa cheia de fé que se curou de tudo e foi abraçar todos aqueles que precisavam!
Personagem A: Que bonito... bom, eu vou começar aqui te dando um abraço, amigão... me perdoe...
Personagem B: Tudo bem! 
Catequista: E eu acho que aprenderam hoje uma bela lição... rezem e peçam forças para Jesus...
Personagem A: Vamos rezar sim...
Personagem B: E agradecer...

Catequista: Você vão ver, queridos... Deus sempre nos fortalece para a missão... e um coração missionário é sempre agradecido!
***
Obrigada. Feliz mês das missões!
Cris Menezes

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Campanha da Fraternidade 2017- Por onde começar?

Caça Tesouro- CF 2017

Como falar da Semana Santa com as crianças- Planejamento