Dinâmica para catequese: fazendo arte com xilogravura








O encontro a seguir foi desenvolvido com a orientação da formadora Sandra na Escola Catequética de Brasília como uma oficina para aprendermos a dinamizar os encontros de catequese no método de interação fé e vida.

Começamos o encontro com a leitura com a linha da vida: olhamos para um círculo com imagens desde a gravidez até a velhice, contemplando os mais importantes fases da vida. Cada um pode dizer a imagem que chamou mais atenção e porquê. Este é o "ver": quando o catequizando ( catequista) irá trazer a vida para o encontro.





Iluminar: Leitura bíblica de Eclesiastes 3. 


Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.

Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;

Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;

Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;

Tempo de espalhar pedras, e tempo de ajuntar pedras; tempo de abraçar, e tempo de afastar-se de abraçar;

Tempo de buscar, e tempo de perder; tempo de guardar, e tempo de lançar fora;

Tempo de rasgar, e tempo de coser; tempo de estar calado, e tempo de falar;

Tempo de amar, e tempo de odiar; tempo de guerra, e tempo de paz.



-Pedir para  cada um escolher um versículo e pensar em qual "tempo" que ele(a) está hoje. 

-Música: Quando chegou a palavra, Padre Zezinho

A palavra do Senhor quando chegou desinstalou meu coração.
Ao chegar desafiou-me a exigir uma resposta de sim ou não.
É fácil dizer sim. É fácil dizer não.
Mas dói depois do sim. E dói depois do não.
A palavra do Senhor depois que ela passou nada mais será do jeito que já foi.


Atividade: Xilogravura
A formadora pediu que desenhássemos o momento que dizemos sim para Deus (a partir da reflexão bíblica.)Xilografia ou xilogravura é uma técnica de gravura muito usada na literatura de cordel. É utilizado um molde feito de madeira para fazer o desenho. Depois, com o pincel, a tinta é passada no molde. O molde é impresso numa folha ou pano formando os lindos desenhos. 
Na catequese podemos fazer xilografia com EVA ou um prato de isopor.
Vamos precisar de:
Folhas de EVA
Folhas A4
Tinta azul
Rolo para pintar (de preferência pincel de espuma)
Foi uma experiência incrível desenvolvermos esta pintura com o grupo de catequistas: pintamos, nos sujamos de tinta... Como citou nossa formadora: "Tudo o que se trabalha com as mais chega ao coração".
Para crianças, a formadora  sugeriu que a Xilografia pode ser usada depois de se contar uma história. Pedir para que os catequizandos desenhem a parte da história que mais gostou. Depois o catequista junta todos os desenhos, cola num cartaz montando na ordem da história ou pode colar e fazer um livro. 

Obrigada.
Deus ama você.
Cris Menezes

Catequizando Feliz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Campanha da Fraternidade 2017- Por onde começar?

Caça Tesouro- CF 2017

Como falar da Semana Santa com as crianças- Planejamento