Postagens

Mostrando postagens de Junho, 2016

Para mar bravo, Deus

Imagem
Evangelho do dia em arte


Jesus respondeu:
'Por que tendes tanto medo, homens fracos na fé?'
Então, levantando-se, ameaçou os ventos e o mar,
e fez-se uma grande calmaria.
27Os homens ficaram admirados e diziam:
'Quem é este homem, que até os ventos e o mar lhe obedecem?'

***

Como fiz o barco?



Me inspirei em dois modelos de barcos em E.V.A.

https://youtu.be/VjMhTt-m-Bw

http://fofurafeitaamao.com.br/barco-pirata-festa-infantil-lembrancinha

Obrigada! Deus ama você.
Cris Menezes
Catequizando Feliz Blog












http://www.luizaalvess.com.br/2015/03/barco-3d-em-eva.html

Dinâmica: Árvore da vida x Árvore da morte e Frutos do Espírito

Imagem
Para olharmos a vida fizemos a dinâmica "Árvore da Vida e árvore da morte" e refletimos sobre os sinais de vida e morte no nosso bairro. O Objetivo era refletir sobre esses sinais e entender que, com os dons do Espírito Santo, podemos produzir bons frutos e gerar vida.
Resolvi desenhar as árvores no E.V.A,  já que não achei o galho verde e o seco proposto na dinâmica. E achei bom ilustrar mais ainda desenhando os frutos.   Só  os frutos que representam sinais de morte fiz com papel de revista, 
Material confeccionado






-Como sábado passado o encontro foi sobre dons do Espírito Santo, escrevei três frutos do Espírito. Nos outros frutos em branco, os catequizandos escreveram os sinais de vida. Recortei as letras de revistas para montar as palavras. 
-Percebe que podemos usar esta árvore para falar dos frutos do Espírito Santo? Depois do encontro, empolguei e fiz mais alguns frutos  para montar a árvore dos frutos do Espírito Santo e ficar já um material pronto.




-Para não escrev…

Viva São João!

Imagem
Eu já fiz minha fogueira de São João inspirada no modelo do site Artesanato Brasil!!!


Confira o passo-a-passo no site http://artesanatobrasil.net/porta-docinho-fogueira-de-eva-para-festa-junina. 
* Copio aqui um pouco da história de São João e da origem das festas juninas retiradas do site da canção nova.
***** Um santo muito comemorado no mês de junho é São João. Esse santo é o responsável pelo título de “santo festeiro”, por isso, no dia 24 de junho, dia do seu nascimento, as festas são recheadas de muita dança, em especial o forró. Alguns símbolos são conhecidos por remeterem ao nascimento de São João, como a fogueira, o mastro, os fogos, a capelinha, a palha e o manjericão.  João é considerado o santo mais próximo de Cristo. Além de ser seu parente de sangue, Jesus foi batizado por João nas margens do Jordão. Origem das Festas Juninas Fortemente arraigadas na tradição católica, têm uma origem anterior ao cristianismo. Remontam à Antiguidade, à Era Romana. Antes do cristianismo se…

Ambientação de encontro de catequese: Espírito Santo

Imagem
Foi uma saga! Tentei desenhar uma pomba só por olhômetro, não deu muito certo. Depois lembrei que eu tinha uma vez comprado uma pomba e estava colada na porta da geladeira da minha mãe. Então usei como molde.

 Olha como esta pomba é perfeita! Corte profissional.



Esta foi a que eu fiz. Não usei o TNT liso, acho que o nome deste TNT é flocado.  Para fazer as "patas" eu colei  miçangas.



Para fazer os fogos dos 7 dons, pesquisei moldes na Internet. É muito fácil de fazer. Eu consigo desenhar muita coisa só olhando a imagem no computador. Foi assim que eu desenhei o molde do fogo.

Depois colei o desenho do fogo na fita cetim. Com uma fita mais larga é possível colar os nomes dos 7 dons.




Vinde Espírito Santo! Obrigada. Deus ama você.
Cris Menezes

Missão do Jovem Crismado

Imagem
Um texto ótimo para nossos crismandos. Retirei do site "Catequisar".




***
Olhando a vida de Jesus, vemos que ele foi sempre um jovem: dinâmico, sensível às alegrias e tristezas do seu povo, possuidor de senso crítico muito aguçado, conhecedor da realidade que o cercava. Sempre questionando, apontando onde o Projeto do Pai era desrespeitado, animando multidões que o seguiam com a Boa Nova do Reino, com a prática da justiça, do amor, do perdão e da misericórdia. Nessa juventude de Jesus descobrimos qual é a missão do jovem crismado.
A passagem de Lucas 4,16-21 nos mostra o próprio Jesus revelando essa missão.
Ele foi a Nazaré, onde fora criado e, segundo seu costume, entrou em dia de sábado na Sinagoga e levantou-se para fazer a leitura. Foi-lhe entregue o livro do profeta Isaías. Abrindo-o, encontrou o lugar onde está escrito: "o Espírito do Senhor está sobre mini, porque ele me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar a remissão aos presos e aos cegos a rec…

As cicatrizes de um ataque de jacaré

Imagem
Semana passada, na Disney,  uma criança foi roubada por um jacaré. Os pais lutaram com o Jacaré para salvar a vida do filho, mas não conseguiram. O menino foi encontrado morto no dia seguinte. Esta é uma história terrível. 



Lembro de uma historinha que se contava no grupo jovem sobre  um menino cheio de cicatrizes no braço. Eram cicatrizes que o faziam lembrar que sua mãe lutou por sua vida quando um jacaré o atacou. E a mensagem era: nós trazemos também marcas que nos lembram a todo tempo que Deus tem lutado por nós. Fiquei imaginando as cicatrizes que carrego na alma, marcas das lutas travadas para que minha vida fosse preservada. Como me senti amada ao refletir sobre esta historinha, que nunca imaginei ser tão de verdade. Sim existem crianças que foram salvas por seus pais de ataques de jacaré. Passou na televisão: há algum tempo aconteceu algo parecido com outra família.  Um homem conseguiu tirar seu filho da boca de um jacaré. O menino foi salvo. Infelizmente não aconteceu o mes…

Dos fracassos de uma catequista- As histórias que não contamos

Imagem
Dos fracassos, perdas e ganhos  de uma catequista  Por Cris Menezes
Para Rosário (em memória)
Toda história de sucesso tem seus fracassos, os passos errados, os passos em falso que damos, as pedras no caminho e os espinhos. Por trás de uma grande história há muitas pessoas trabalhando nos bastidores. Pense num filme, na construção de um grande edifício, num evento, pense num restaurante, tanta gente trabalha para que aquele prato chegue quentinho na sua mesa.
Assim somos nós. Por trás de quem somos, da nossa história, há os bastidores. Quando eu me vejo falando de amor, da vida e de Deus, bonita e sorridente,  penso  nos meus bastidores. Para eu ser a mulher que sou hoje, algumas pessoas contribuíram com uma boa dose de amor, respeito e paciência. Eu sou o resultado dos encontros que tive na vida, sou resultado dos livros que li e das músicas que ouvi, sou resultado da insistência do amor de Deus por mim, do cuidado dos meus pais e da amizade dos meus amigos. Tenho amigos que nem sabe…

Planejamento de encontro- Espirito Santo e seus 7 dons

Imagem
Planejamento para Catequese de Crisma
Utilizei este planejamento para catequese com adultos


Ver: Olhando a vida Ler a história A lamparina da floresta
Lá na beira do rio, já dentro da floresta, mora um velhinho que toda a população ribeirinha conhece. É Felício, o bisavó de muita gente e amigo de todos. Quando alguém adoece, é para a casa dele que corre. Até o padre que passa pela comunidade cristã a cada três meses dorme lá na casinha do vovô Felício. Um dia, o pároco chegou cansado e, depois que atendeu todo mundo que precisava dele, sentou-se na cabana, já de noite, ao lado do velhinho, e os dois começaram a conversar: -Sua lamparina tem uma luz muito clara, vovô Felício! -A chama queima óleo de peixe, seu padre. -É esse o motivo? -É, sim senhor. Fogo de madeira é vermelho, não é? E chama de óleo é mais clara, por isso dá mais luz. -Quanta sabedoria! Eu não entendo nada disso. -É. Pode ser... O "seu" padre veio da cidade, estudou nos livros. Sabe muita coisa que eu não sei. -Mas o s…

Precisamos falar de acolhida na catequese

Imagem
Acolher e valorizar os catequizandos


A acolhida é geralmente um passo que os catequistas  não dão muita atenção. Pulam com facilidade para oração inicial e  esquecem de acolher seus catequizandos, perguntar como passaram a semana e como estão. Mas acolher não é só isso.

Nós vivemos tão apressados que mal reparamos nas pessoas, na natureza, nas coisas que acontecem ao nosso redor. Ou estamos apressados ou sugados pela tela do celular.  Um catequista tem geralmente tantos compromissos e desempenha tantos papéis dentro e fora da Igreja, que vive correndo pra cima e pra baixo com seu catecismo, sua bíblia e sua falta de tempo. (Alguém se identificou aí levanta a mão!) Você deve cuidar de tanta gente e ter muitas responsabilidades, mas pode ter esquecido de olhar para você com mais atenção. Se você  não estiver bem, pode acontecer de sua catequese não ir bem também. E a acolhida fica comprometida. Você estará preocupado(a) com o horário, com o relógio, em "passar" logo o tema do…

Dinâmica para catequese: fazendo arte com xilogravura

Imagem
O encontro a seguir foi desenvolvido com a orientação da formadora Sandra na Escola Catequética de Brasília como uma oficina para aprendermos a dinamizar os encontros de catequese no método de interação fé e vida.
Ver: Linha da Vida  ( Clique aqui para saber como fazer a linha da vida ) Começamos o encontro com a leitura com a linha da vida: olhamos para um círculo com imagens desde a gravidez até a velhice, contemplando os mais importantes fases da vida. Cada um pode dizer a imagem que chamou mais atenção e porquê. Este é o "ver": quando o catequizando ( catequista) irá trazer a vida para o encontro.





Iluminar: Leitura bíblica de Eclesiastes 3. 

Tudo tem o seu tempo determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu.
Há tempo de nascer, e tempo de morrer; tempo de plantar, e tempo de arrancar o que se plantou;
Tempo de matar, e tempo de curar; tempo de derrubar, e tempo de edificar;
Tempo de chorar, e tempo de rir; tempo de prantear, e tempo de dançar;
Tempo de espalhar pe…

O amor romântico e os sonhos de uma mulher

Imagem
O amor romântico e os sonhos de uma mulher Por Cris Menezes

"São tantos os sonhos que povoam o coração de uma mulher", diz a cantora Ziza Fernandes. Fico pensando nos meus milhares de sonhos, todos eu já coloquei no coração de Deus. Eu cresci numa época que os contos de fadas eram as histórias que se contavam para as meninas. Eu cresci acreditando em Príncipe Encantado e no amor romântico que iria enfim me fazer feliz para sempre. Deus precisou me curar muito para que eu  reaprendesse a sonhar depois de ter desconstruído, por meio de muitas leituras, a história do amor romântico.

Antigamente, as pessoas não se casavam por amor. O amor romântico, dentro do casamento, é muito recente na história da nossa sociedade, as pessoas casavam por interesse, para procriar, criar uma descendência. O papel da mulher nessa sociedade antiga era apenas de ter filhos que eram criados pelas amas de leite. Mulheres não podiam nem sonhar naquela época.  Lembra das histórias de casamentos arranj…