Planejamento do Encontro: Aliança: Pacto de Amizade- Catequese Primeira Eucaristia

Google

"No terceiro mês, depois de sua saída do Egito, o povo chegou a um monte chamado Sinai. Moisés subiu sozinho a montanha e lá Deus lhe falou:'...Se vocês obedecerem o que eu estou falando e forem fiéis à minha Aliança, vocês serão para mim o povo mais querido entre todos os povos...' O povo aceitou essa aliança de amor com Deus. Foi um compromisso de fidelidade entre Deus e as pessoas. Esta aliança foi feita entre Deus e o seu povo e, ao mesmo tempo, entre Deus e cada pessoa desse povo. O povo aceitou a oferta de amor de Deus e prometeu fazer a Sua vontade.  Deus deu para o povo uma lei, apresentada nos Dez Mandamentos, sinal da Sua Aliança com o seu povo. Aliança é o compromisso de amor e fidelidade entre Deus e cada um de nós." (Fonte: Primeiro livro do catequizando, Irmã Mary Donzellini)


Planejamento: Aliança com Deus

Interagindo: Fazer, com a ajuda dos catequizandos, um comentário sobre as normas vividas na casa de cada um, o que é permitido, o que é proibido...
Explorar as semelhanças e diferenças, entre as normas.
Caso considere viável, poderá solicitar aos catequizandos que encenem algumas situações em que as normas são aplicadas.

Conversar sobre: As normas e leis devem ajudar as pessoas a conviver.
Ás vezes é difícil entender e cumprir as ordens dos pais, por isso o amor entre as pessoas é tão importante, pois nos ajuda a resolver as dificuldades. Diante das faltas, quem ama sabe ajudar, compreender, corrigir e perdoar. Isso faz com que tudo se torne mais fácil e as leis fiquem mais leves de serem seguidas.
Explorar quando uma lei é boa e protege os direitos das pessoas, da comunidade, e quando acontece o contrário.

Iluminando nossa vida

-Explorar:

-A importância da lei, dos mandamentos para o povo judeu, o povo do qual Jesus fazia parte. A lei lhes foi dada por Deus a Moisés, no tempo em que o povo tinha saído libertado da escravidão e caminhava pelo deserto, rumo à terra prometida.

-Os 10 mandamentos selavam a Aliança entre Deus e o povo, que prometeu servir e obedecer a Javé como o seu único Deus e Senhor.

-Contar ou ler para os catequizandos: Ex 20, 1-17 e Dt 5, -12, onde encontramos os dez mandamentos.

-Orientar que, para Jesus, o pecado é não amar a Deus e ao próximo, pois o pecado é uma recusa do amor. 

Nosso compromisso: (Eu li o texto abaixo para que os catequizandos pudessem refletir e responder o "sim" à aliança com Jesus.)

A Antiga Aliança foi realizada no deserto, quando o povo se organizou e se comprometeu como Povo de Deus. Jesus, na última ceia, reparte o pão e vinho, seu corpo e sangue, com esse gesto, dá um mandamento novo ' amem-se como eu vos amo', e diz 'esta é a Nova e eterna Aliança.'

No batismo, nossos pais e padrinhos firmaram em nossos nome o compromisso de seguirmos Jesus, por isso pense: Você aceita esse contrato com Deus?
Você quer fazer a aliança com Deus e com Jesus, comungando com ele e com os irmãos?
Você aceita procurar sempre a vontade de Deus?

(Fonte: Livro Venham cear comigo, Lydia das Dores Defilippo.)

*
Dinamizando o encontro:

Encontrei a dinâmica do bambolê no Blog Sou CATEQUISTA de IVC : 


"- Comparar o bambolê  a uma aliança de casamento.
- O que significa uma aliança?
- O que ela representa na vida de duas pessoas?
- A maior representação de amor entre duas pessoas ocorre quando elas resolvem fazer uma aliança, quando uma se compromete em buscar a felicidade da outra, e vice-versa. O anel é o símbolo desse comprometimento; por isso costumamos chamar a aliança de o anel do casamento.
- Deus quer fazer uma aliança conosco, um pacto de amizade. durante a brincadeira, quando eu recebo esse bambolê (anel) e faço que ele passe sobre mim, dos pés á cabeça, é como se eu aceitasse criar esse laço com Deus e O deixasse agir sobre minha vida. Essa Aliança com Deus nós fazemos por meio do Batismo, pelo qual morrermos e ressuscitamos com cristo e nos comprometemos com a vida cristã, fazendo parte da Igreja.
- A presença de Deus na nossa vida é motivo de muita alegria. O amor de deus nos vitaliza e nos contagia; assim, quando eu entrego o anel ao meu(minha) colega, é como se despertasse nele(a) o desejo de também fazer parte dessa felicidade com Deus." (A dinâmica foi retirada do livro Jogos e brincadeiras para a catequese - Rogério Tellini).

Como fazer: Dividir os catequizandos em duas filas. Ao sinal, cada catequizando passa o bambolê  por baixo dos pés e retira-o pela cabeça, e passa para o próximo catequizando. Para ficar divertido, avisamos que vencerá a equipe que finalizar primeiro. Leia as orientações desta dinâmica aqui






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Campanha da Fraternidade 2017- Por onde começar?

Caça Tesouro- CF 2017

Como falar da Semana Santa com as crianças- Planejamento