Creio na Alegria


A primeira etapa da Primeira Eucaristia adotou o livro Creio na Alegria: Caminho da fé cristã nos passos do credo (Autoras: Sandra Regina de Sousa e Tania Ferreira Pulier). O livro traz uma nova proposta para catequese infantil: evangelizar e catequizar utilizando recursos poéticos e artísticos. Confesso que este livro é bem avançado para nossa realidade. Mas é uma abordagem de catequese inovadora. Vale a pena tê-lo como fonte de pesquisa. 


Gosto especialmente da introdução feita pelas autoras e que transcrevo aqui:

"Pensamos que a catequese não pode ser um despejar de conteúdos em cima das crianças. Ela parte do pressuposto da experiência como caminho de conhecimento. Estas são as duas palavras que norteiam este trabalho: Catequese e experiência. A raiz da palavra 'catequese', de origem grega, significa katá (a partir de) + echos (voz, fala, eco). A palavra de Deus ecoou no mundo na pessoa de Jesus Cristo. Em seu Mistério Pascal continua ecoando na liturgia vivida e celebrada por todos os cristãos. Sendo assim, a missão da catequese é fazer ecoar a Boa-Nova da presença do Ressuscitado na vida dos que iniciam a experiência de fé. O termo 'experiência', substantivo grego trazido até nós pelo latim experientia, fruto do verbo ex-perior, assume o significado de 'atravessar', 'passar através de'. Ao fazer tal passagem, chega-se a conhecer uma situação vital, alguma coisa até então desconhecida em suas múltiplas possibilidades. A realidade externa atravessa o mundo interno e provoca um encontro. O que antes era desconhecido torna-se conhecido, descoberto. Ao ouvir a Boa-Nova ecoando, a criança é convidada a experimentar a presença  amorosa de um Deus que é Pai, Filho e Espírito Santo.O Diretório da Catequese propõe que a catequese seja um caminho 'mistagógico' que conduza as pessoas para dentro do mistério-encontro pessoal e comunitário com Jesus Cristo-, capaz de mudar a vida e fazer discípulos missionários. (...)A meta deste livro é ajudar a criança a trilhar esse caminho da mistagogia, adentrando no Mistério Pascal de Cristo, que em sua morte e ressurreição deu-nos vida e filiação divina. (...) Para alcançar esta meta, propomos um percurso que nasce da experiência de contato com o texto poético, o teatro, as artes plásticas, os jogos, a dança, as histórias, sendo o fio condutor a Palavra de Deus, que tem o poder de iluminar, transformar, integrar."

Comentários

  1. PASSANDO AQUI PARA MANDAR UM BJÃO,
    PAZ DE CRISTO!
    http://juntoemisturado-danny.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário