18 junho, 2012

Jesus, nossa Eucaristia

Minha conversa com as crianças- Turma de reposição

        Significado de Corpus Christi: é uma palavra latina que significa Corpo de Cristo. Na festa de Corpus Christi comemoramos o Corpo de Cristo, ou seja a Eucaristia, Jesus presente na hóstia santa e no vinho.

Pão material x pão espiritual
          Para vivermos precisamos nos alimentar diariamente. Não conseguimos viver muitos dias sem comida, nem bebida. O pão (a comida) alimenta nosso corpo, nos dá energia para realizar nossas tarefas. Sem alimentar, nós morremos.
Nós somos feitos de corpo e alma. E nossa alma necessita de amor, como o corpo precisa de alimento.
Eucaristia é este alimento para nossa alma, é o nosso alimento espiritual,  é a hóstia que recebemos na missa.

         A hóstia é um pão sem fermento. O que acontece se não colocarmos fermento no bolo? Isso mesmo, o bolo não cresce. Mas a hóstia não é só um pão sem fermento, a hóstia consagrada é o próprio Jesus que se doa por nós, e quer ser nosso alimento, quer nos fortalecer, nos ensinar amar as pessoas, quer ser nossa força e coragem, quer nos dá vida verdadeira. Vocês sabem em que momento a hóstia deixa de ser um simples pão para se transformar no próprio Jesus? Isso mesmo, no momento em que o padre abençoa a hóstia e repete as palavras de Jesus, na última ceia com os apóstolos:

Tomai todos e comei: isto é o meu Corpo que será entregue por vós
De igual modo, no fim da Ceia, tomou o cálice
e, dando graças, deu-o aos seus discípulos, dizendo:
Tomai, todos, e bebei: este é o cálice do meu Sangue, o Sangue da nova e eterna aliança, que será derramado por vós e por todos, para remissão dos pecados. Fazei isto em memória de Mim.

A Igreja repete os gestos e as palavras de Jesus, há milhares de anos, como Ele próprio pediu.

            Depois da Primeira Eucaristia, vamos receber a segunda eucaristia, a terceira... a mil eucaristia, vamos receber a eucaristia atéééé o final da vida, em todas as missas que participarmos. (Daí uma criança me interrompe e diz: e se a gente pecar, tem que se confessar. )É, quando pecarmos, precisaremos nos confessar para continuar recebendo a Eucaristia. É bem assim: Quando alguém que a gente gosta diz que vai nos visitar, nós corremos e arrumamos nosso quarto, arrumamos a casa toda, limpamos e organizamos as coisas para receber a nossa visita. Ninguém quer mostrar uma casa suja e desarrumada para os outros. Da mesma maneira, nós precisamos limpar o nosso coração, para receber Jesus. O nosso coração está assim (mostrar uma folha em branco), mas olha só o que o pecado faz no nosso coração (mostrar a folha branca com manchas- Usar a cor laranjada para parecer sujo.). O pecado suja o nosso coração. Então precisamos limpar o nosso coração para receber Jesus, Como fazemos para limpar o nosso coração? (Deixar que as crianças falem.)


            Primeiro, precisamos nos arrepender do pecado que cometemos. Reconhecer que erramos: "Puxa, eu não devia ter feito aquilo, ter brigado com meu irmão, ter desobedecido meus pais..." Depois, vamos pedir perdão a Deus e pedir perdão para a pessoa que magoamos. Vamos também precisar nos confessar com o padre, que na hora da confissão representa o próprio Jesus. Nós contamos ao padre nossos pecados. É só lembrar dos 10 mandamentos. Peguei contra os 10 mandamentos? Vou então precisar me confessar, para depois receber a comunhão.


Celebração

A Igreja repete o gesto de Jesus e suas palavras há mais ou menos dois mil e doze anos. (Pedir para que todos peguem o pão e o suco de uva. Esperar que todos peguem. Ninguém pode comer antes. Quando todos estiverem prontos, ler a passagem bíblica da Última Ceia.)





Para copiar no caderno

"Jesus quis sempre ficar com a gente. Por isto Ele se torna alimento-a Eucaristia- que nos dá forças para caminhar sempre unidos.

Devemos repartir o amor e a amizade com as pessoas. E repartir tudo o que temos e o que sabemos. Só assim a nossa vida se torna uma vida de comunhão. Não devemos viver egoísticamente, mas devemos repartir tudo aquilo que temos o outro que tem menos. "


Oração final no Santíssimo

Senhor Jesus, te peço para abençoe minha família e te peço, Jesus, para que nunca falte comida na minha casa. Me ajude a amar todas pessoas, também aquelas que me aborrecem e me irritam.


Estudo no Youcat

"A sagrada Eucaristia é o sacramento em que jesus Cristo entrega Seu corpo e o Seu sangue-Ele próprio-por nós, para que também nos entreguemos a Ele em amor e nos unamos a Ele na sagrada Comunhão. Assim nos ligamos ao corpo único de Cristo, a Igreja. A Eucaristia é, depois do batismo e da confirmação, o terceiro sacramento da iniciação cristã da Igreja Católica A eucaristia é o misterioso centro de todos esses sacramentos, pois a imolação histórica de Jesus na cruz torna-se presente, de uma forma oculta e incruenta , durante a consagração do pão e do vinho. A Eucaristia é portanto, a fonte e o centro de toda a vida cristã( Concílio Vaticano II). Tudo aponta para ela; aliás, não há nada maior que se possa alcançar. Quando comemos o pão partido, unimo-nos ao amor de Jesus, que no madeiro da cruz nos ofereceu o seu Corpo; quando bebemos do cálice, unimo-nos Àquele que até derramou sangue durante a Sua oferta por nós. Não inventamos este rito; foi o próprio Jesus que celebrou com Seus discípulos a Última Ceia e antecipou a sua morte; Ele ofereceu a seus discípulos sob os sinais do pão e do vinho e exortou-os a celebrarem a Eucaristia a partir de sua morte: ‘Fazei isto em memória de mim.' (I Cor 11, 24)".

16 junho, 2012

Cantinho da Oração

Desenhei,  inspirada numa lembrancinha, para meu cantinho da oração.





"Pedi e se vos dará. Buscai e achareis. Batei e vos será aberto. 8Porque todo aquele que pede, recebe. Quem busca, acha. A quem bate, abrir-se-á. 9Quem dentre vós dará uma pedra a seu filho, se este lhe pedir pão? 10E, se lhe pedir um peixe, dar-lhe-á uma serpente? 11Se vós, pois, que sois maus, sabeis dar boas coisas a vossos filhos, quanto mais vosso Pai celeste dará boas coisas aos que lhe pedirem. 12Tudo o que quereis que os homens vos façam, fazei-o vós a eles." (Mateus 7)

13 junho, 2012

Jesus nos ensina a verdadeira felicidade


"A felicidade não está em nós, assim como a felicidade não está fora de nós. A felicidade está só em Deus. E quando O tivermos encontrado, ela estará por todo o lado." (Blaise Pascal)

Preparação: distribuir recortes de revistas com figuras que representam os bens materiais que sociedade valoriza, como carro, dinheiro, carro, roupas e sapatos de marca, etc.

Convidei as crianças para observar as figuras e deixei que partilhassem o que achavam. Depois de conversarmos sobre o que a sociedade valoriza, lemos o sermão da montanha- Mt 5




Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu.
Felizes os aflitos, porque serão consolados.
Felizes os mansos, porque possuirão a terra.
Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.
Felizes os que são misericordiosos, porque encontrarão misericórdia.
Felizes os puros de coração, porque verão a Deus.
Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.
Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu.
Felizes vocês, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de Mim.
Fiquem alegres e contentes, porque será grande para vocês a recompensa no céu. Do mesmo modo perseguiram os profetas que vieram antes de vocês.







 

Dinâmica da bexiga

"Entregar uma bexiga para cada catequizando.Catequista: Eu queria dar um presente a cada um de vocês. Andei pelas lojas e encontrei uma que vendia coisas diferentes. Entrei nela e comprei um pouco de sol, um pouco de chuva, um pouquinho de vento e bastante sorriso. Comprei um pouquinho de lágrimas, pois há pessoas que gostam de chorar nas alegrias. Comprei um pacote de razão. Comprei serenidade, paciência, respeito, sinceridade, verdade. Comprei muita compreensão perdão, romantismo e gentileza. Vi pacotes de amor e paz junto com a alegria e comprei muito, muito mesmo. Tinha orgulho, vaidade, mas isso eu não comprei nada. Da solidão eu passei longe, mas fui no balcão da amizade e do companheirismo e comprei tudo o que havia. Comprei também essa bexiga, que simboliza o coração de vocês, para que vocês pudessem guardar esses presentes dentro dela. Vamos então encher essas bexigas com esses presentes? ... Bem devagar para não estourar... Encheram?... Agora cada um pense em mais um presente desses e coloque dentro da bexiga, enchendo ela mais um pouquinho. Agora, amarre a bexiga! Ah! Lembrei-me de uma coisa. Esses presentes não podem ficar só conosco. É preciso fazer o gesto da partilha. Vamos então trocá-los uns com os outros. (Trocar as bexigas). Agora que vocês trocaram preciso contar-lhes um detalhe. Na loja especial onde encontrei tudo isso, me disseram que esses presentes precisam ser espalhados pelo mundo e essa missão é nossa, precisamos transbordar esse mundo com esses presentes maravilhosos. De que maneira? Vamos estourar as bexigas."
Detalhe: alguns não queriam estourar a bexiga, porque era em forma de coração. Olha o desapego- eu disse !! rsrs
     
Música do Encontro: Amar como Jesus amou, gravação do Padre Marcelo Rossi.



Textos de Apoio

As bem-aventuranças

"Jesus, subindo ao monte, nos aparece como um novo moisés promulgador da Nova Lei no novo Sinai. Chama de bem-aventurados os pobres e humildes.
(...) O Sermão da Montanha é um sermão revolucionário. Jesus 'vira a mesa'. É uma inversão de valores tradicionais. Os hebreus cultivavam a convicção de que prosperidade material, o sucesso, eram sinais das bênçãos de Deus; a pobreza e a esterilidade eram sinais de maldição. Agora os bem-aventurados não são mais os ricos deste mundo, os saciados, os favorecidos, mas o que têm fome e choram, os pobres e perseguidos. É a nova lógica, que Maria, a bem-aventurada por excelência, canta: 'Derrubou os poderosos'
(Lc 1, 52). (...) Jesus encarnou a realidade do povo. A sua mensagem era resposta às necessidades da época.  (...) A sociedade valoriza mais o ter do que o ser. Não valoriza os doentes, os pobres, os que promovem a paz e a justiça"
 (Livro do Catequista- Diocese de Osasco)

Estudo no Youcat

Por que desejamos a felicidade?
Deus  colocou no nosso coração uma ânsia tão infinita de felicidade , que só Ele a consegue satisfazer. As realizações terrenas apenas nos dão um antegozo da felicidade eterna. Superando-as, temos que nos virar para Deus.

Conhece a sagrada escritura algum caminho para a felicidade?
Seremos felizes à medida que confiarmos nas palavras de Jesus contidas na bem-aventuranças. O evangelho é uma promessa de felicidade para todas as pessoas que desejam pecorrer os caminhos de Deus. Jesus disse concretamente, sobretudo nas bem-aventuranças, que a benção infinta se baseia em seguirmos o seu estilo de vida e procuramos a paz com o coração puro.

Por que são tão importantes as bem-aventuranças?
Quem anseia pelo Reino de Deus olha para a lista das prioridades de Jesus: as bem-aventuranças. Deus fez promessas ao Seu Povo desde Abraão. Jesus retoma-as, dilata ao Céu a sua validade e faz delas o Seu próprio programa de vida: o Filho de Deus torna-Se pobre, para tomar parte da nossa pobreza; Ele alegra-Se com os alegres e chora com os que choram (Rm 12, 15); não recorre à violência, mas dá a outra face (Mt 5, 39); teve misericórdia, promoveu a paz e mostrou assim o caminho seguro para o céu.

"Querer tudo o que Deus quer e querê-lo sempre,em todas as ocasiões e sem restrições: isto é o Reino de Deus, que é totalmente interior." (François Fênelon)


02 junho, 2012

Frutos do Espírito Santo


Continuação do encontro de Pentecostes.
A atividade para casa foi pesquisar na internet quais são os frutos do Espírito Santo. Para minha surpresa uma catequizanda trouxe  isto:

"...'Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio...' O fruto do Espírito Santo é o resultado da presença do Espírito Santo na vida do Cristão. A Bíblia deixa bem claro que todos recebem o Espírito Santo no momento em que acreditam em Jesus Cristo (Romanos 8:9; 1 Coríntios 12:13; Efésios 1:13-14). Um dos propósitos principais do Espírito Santo ao entrar na vida de um Cristão é transformar aquela vida."

Que lindo, minha gente. Que texto maravilhoso.
O que era para ser só uma correção de "dever de casa" tomou conta do encontro todo, essa história linda de frutos do Espírito Santo. 
Depois de partilhar sobre o texto  que a criança trouxe, convidei todos a escreverem na flor ou no sol que entreguei um fruto ou um dom do Espírito Santo  que eles gostariam de pedir a Deus. Flor pronta, com folha e colada no palito, então o próximo passo é colocar o adubo e plantar no copo. O adubo foi as palavras  Oração e Eucaristia  escritas no papel. Para finalizar, eles colaram seus nomes no copo.

As plaquinhas com o nome dos frutos que aparecem na foto foi uma outra catequizanda que trouxe.





Deus seja glorificado por este encontro.


Material usado: cartolina dupla face, palito de picolé colorido, copo plástico de café, tesouras, cola, durex dupla face.

Moldes de flores: