Dinâmica para catequese: Cata-vento do Espírito Santo



Pentecostes
Oração inicial
Música com gestos
Louve a Deus, louve a Deus, louve a Deus, e não se pode mais parar.
Passa fogo no meu braço agora, passa fogo no meu braço agora, ó senhor... Eu disse: braço, perna, cabeça e coração...
Linha do tempo
 Relembrando -  Cruz de Cristo- Páscoa- Ascensão- Pentecostes
Leitura do texto bíblico: Atos 2, 1-4  e partilha.
Desenvolvimento do tema: é o momento de falar sobre Pentecostes e o Espírito Santo, numa linguagem simples, que a criança entenda. Preferi não fazer muitas comparações para explicar o que é a Santíssima Trindade, pois tenho medo de confundir mais do que explicar. A Santíssima Trindade é o que é, um mistério maravilhoso, do qual podemos mergulhar sem medo, e experimentar Seu amor.
Chaves para conversar com as crianças:
O que aconteceu em Pentecostes? O que é o Espírito Santo?Quem é a Santíssima Trindade? Como se manifesta o Espírito Santo na nossa vida?

Lúdico: Levei material para as crianças fazerem um cata-vento. Tudo pronto, saíamos  para a porta da igreja, e como foi lindo ver o cata-vento rodando, rodopiando. Conclui que o Espírito Santo é como o vento, não podemos ver, mas podemos senti-lo. Nós também somos um cata-vento movidos pelo Espírito Santo!







Oração final no Santíssimo:




Nunca tinha feito um cata-vento, passei a semana pesquisando e testando, pensando numa forma mais prática e barata para montar um. Usei cartolina dupla face, canudinho, e alfinete para mapas. Para colar as pontas da hélice, usei fota dupla face, já que a cola que eu tenho demora muito para secar e não colava bem.
Aprendendo a fazer um catavento:
http://wwwblogdaprecatequese.blogspot.com.br/2012/05/tema-vinda-do-espirito-santo.html
http://www.lugardepapel.com.br/blog/106-dica-como-fazer-um-catavento.html
http://www.viladoartesao.com.br/blog/2009/10/para-curtir-um-dia-com-as-criancas-ao-ar-livre/
http://www.acessa.com/infantil/arquivo/oficina/2003/08/08-catavento/
http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI64495-10524,00.html
http://www.casaclaridade.com/2010/08/como-fazer-um-catavento.html

Sugestões de encontros:

http://www.jardimdaboanova.com.br/2012/05/encontro-de-catequese-tema-pentecostes.html
http://wwwblogdaprecatequese.blogspot.com.br/2012/05/tema-vinda-do-espirito-santo.html


Estudo no Youcat- Catecismo Jovem
 O que significa crer no Espírito Santo?

"Crer no Espírito Santo significa adorá-lO do mesmo modo que ao Pai e ao Filho. Significa crer que o Espírito Santo vem ao nosso coração para, como filhos de Deus, conhecermos o Pai do Céu. Movidos pelo Espírito Santo, podemos mudar a face da terra. Antes da sua morte, Jesus prometera aos discípulos dar-lhes um outro advogado (Jo 14, 16) quando não estivesse mais com eles. Quando, então, o espírito de Deus foi derramado sobre os discípulos da Igreja primitiva, eles compreenderam a quem Se tinha referido Jesus. Eles fizeram a experiência de uma profunda segurança e alegria na fé, e obtiveram determinados carismas, como profetizar, curar e realizar milagres. Até hoje tem havido pessoas na Igreja que possuem tais dons e fazem essas experiências.

Que papel desempenha o Espírito Santo na vida de Jesus?
Sem o espírito Santo não Se pode entender Jesus. É sobretudo na vida de Jesus que se revela a presença do Espírito de Deus, que designamos por Espírito Santo.
Foi o Espírito Santo  que chamou Jesus à vida terrena no ventre da Virgem Maria (Mt 1, 18), que O atestou como Filho amado (Lc 3, 22), O conduziu (Mc 1, 12) e O vivificou até o fim (Jo 19, 30): na cruz, Jesus expirou-O. Após a Sua ressurreiçãp, Jesus doou aos Seus discípulos o Espírito Santo (Jo 20, 22). Foi assim que o Espírito de Jesus transbordou para a Sua Igreja: 'Assim também como o pai me enviou, Eu também vos envio a vós'. (Jo 20, 21).

Sob que nomes e sinais aparece o Espírito Santo?
O Espírito Santo vem sobre Jesus na forma de uma pomba.Os primeiros cristãos experienciam o Espírito Santo como uma unção curadora, uma água viva, uma tempestade ruidosa ou um fogo ardende.O próprio Jesus  designa-O por advogado, consolador, mestre  e Espírito de Verdade. O Espírito Santo é dado nos sacramentos da Igreja, mediante à imposição das mãos e a unção com azeite.

Como pôde o Espírito Santo agir em Maria, com ela e através dela?
Maria estava totalmente solícita e aberta a Deus (Lc 1, 38). Desta forma pôde, mediante a ação do Espírito Santo, tornar-se 'mãe de Deus' e enquanto mãe de Cristo, também mãe dos cristãos a até mãe de toda humanidade. Maria possibilitou ao Espírito Santo  Maravilha das maravilhas: a encarnação de Deus. Ela deu o seu 'sim' a Deus: eis a escrava do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra. (Lc1, 38)
Fortalecida pelo Espírito Santo, andou com Jesus por montes e vales até a cruz, junto à qual Jesus no-la deu por mãe.

O que aconteceu no dia de Pentecostes?
Cinquenta dias após a ressurreição,  o Senhor enviou do céu o Espírito Santo sobre os seus discípulos. Começou então o tempo da igreja.
No dia de  Pentecostes, o Espírito Santo fez  de medrosos apóstolos, corajosas testemunhas de Cristo. Num curtíssimo espaço de tempo, fizeram-se batizar milhares de pessoas. Era o nascimento da Igreja.
O milagre pentecostal das línguas revela que a Igreja, desde o princípio está aberta a todos, é 'universal '(palavra latina que traduz o termo 'católico',de origem grega), e por conseguinte missionária. Ela dirige-se a todas as pessoas, supera fronteiras étnicas e linguísticas, e pode ser entendida por todos. Até hoje o Espírito Santo tem sido o 'elixir vital' da Igreja.

O que faz o Espírito Santo na Igreja?
O Espírito Santo edifica a Igreja, impele-a e recorda-lhe a sua missão. Chama homens e mulheres para o serviço dela, concedendo-lhes os dons necessários. Introduz-nos cada vez mais profundamente na comunhão  com o Deus trino. (...)

O que faz o Espírito Santo na minha vida?
O Espírito Santo abre-me a Deus, ensina-me a rezar e ajuda-me a estar disponível para os outros.
O silencioso hóspede da nossa alma- assim chama SantoAgostinho ao Espírito Santo. Quem o quiser sentir tem que fazer silêncio. Muito frequentemente, este hóspede fala baixinho em nós e conosco, porventura pela voz da nossa consciência ou através de impulsos interiores ou exteriores. Ser templo do espírito Santo significa estar de corpo e alma disponível  para este hóspede, para Deus em nós. Portanto, o nosso corpo é, em certa medida, a sala de estar de Deus.  Quanto mais nos abrimos dentro de nós, ao Espírito Santo, tanto mais Ele Se torna o mestre da nossa vida, tanto  mais Ele nos condece seus carismas, também hoje, para edificação da Igreja. Desta forma, cresce em nós, ao invés das 'obras da carne', os frutos do Espírito. "

Comentários

  1. Nossa Cris, que belo encontro. Sabia, tava numa dificuldade aqui, no próximo encontro vou ter que servirá nos 60 minutos rsrsrs e falar de 3 temas, são eles: Santíssima Trindade, Pentecostes (7 dons do Espírito Santo), e Corpus Christi. Na verdade, pentecostes já era pra ter acontecido, mas no último encontro acabei me empolgando e falando demais, acabou o tema que era pra ser dito acabou ficando para próxima. Daí tava pensando, como falar, sem eles misturar as coisas. Santíssima T. é um mistério, e decidi fazer essa dinâmica sua, e fazer com que eles sintam essa brisa do Espírito Santo, é um mistério, então melhor que eles sintam o toque do Espírito Santo né? Obrigado pela dica. PAZ E LUZZZZZZZZZ

    ResponderExcluir
  2. Oi Cris, li seus comentários. Que bom que gostou das ideias lá. Como já disse no comentário acima, as suas ideias também são um espetáculo.

    PAZ E LUZZZZZZZZZZZZZZZZ

    ResponderExcluir
  3. Oi querida, adorei as carinhas lindas dos seus catequizandos...O teu encontro deve ter sido lindo, dinâmico, assim como o Espírito Santo nos parece, não é?
    Sabe, também tirei fotos das minhas crianças com o catavento, não postei pois a qualidade das fotos estava péssima, mas guardei no coração.
    Beijos e fique com Deus!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Campanha da Fraternidade 2017- Por onde começar?

Caça Tesouro- CF 2017

Como falar da Semana Santa com as crianças- Planejamento